A ESCADA MÁGICA

Você…. e suas perdas!

Texto de LUZ MARÍA, comentários de JORGE ZAHELL

Also in EnglishTambién en Español

“Você está no meio do corredor da vida e, às suas costas, muitas portas já se fecharam. Outras muitas estão por ser abertas….

Agora vamos usar a criatividade para visualizar algo! Imagine que você está em frente a uma grande escada: a Escada da Vida! Junto a você está a pessoa mais importante para você (namorado, noiva, marido, esposa, irmão, amigo…). E vocês dois estão muito juntos, de mãos dadas.

Enquanto vocês estão no mesmo nível, tudo está agradável e perfeito. Nenhuma nuvem ameaça o seu céu azul.

Mas de repente você sobe um degrau, e seu/sua acompanhante não. Essa pessoa prefere manter-se em seu nível atual. Ok, não tem problema. É fácil mesmo assim, afinal de contas vocês continuam de mãos dadas.

Mas você sobe mais um degrau, e essa pessoa se nega a fazê-lo. As mãos de vocês começaram a se esticar, e já não é tão cômodo e confortável como no início. Você sobe um outro degrau e o puxão se torna ainda mais forte e desagradável. Então você começa a sentir que o seu companheiro(a) está freando o seu avanço, mas você quer que essa pessoa suba junto com você, para não perdê-la.

Infelizmente, para essa pessoa, ainda não chegou o momento para subir de nível, e assim ela continua se mantendo em sua posição inicial.

Você sobe um degrau mais e aí nota que já é impossível manter-se unido a ela. Dói muito a você perceber que ela não faz questão de lhe acompanhar. Você luta para realizar o seu desejo de que essa pessoa suba, para não perdê-la, mas você já não pode, e nem quer, baixar de nível de Consciência, de maturidade emocional. Em um novo movimento para cima acontece o inevitável, e vocês se separam.

Você pode ficar aí e chorar, espernear, tratando de convencê-la a lhe acompanhar. Você pode inclusive ir contra o seu Ser e forçar-se a baixar de nível, tentando não perdê-la, mais depois desse rompimento no laço que os unia, nada mais fica igual.

Assim, por mais doloroso que seja, você entende que não pode fazer mais nada, a não ser seguir avançando, esperando que algum dia vocês voltem a estar no mesmo nível.

Esse tipo de situação acontece quando você começa o seu caminho de crescimento interior. Nesse processo, nessa jornada, enquanto avança você perde muitas coisas: amores, esposa, amigos, parentes, pertences, trabalhos…. assim como tudo que já não combina com a pessoa na qual você está se transformando, ou que já não está mais à altura do nível no qual você está chegando. Você pode brigar com a própria Vida em si, com tudo e com todos, lamentar-se e até ficar doente de desgosto, mas o processo é assim mesmo.

Isso é EVOLUIR !!!

O crescimento interior é assim: pessoal, individual, singular e intransferível. Não em grupo.

Pode ser que depois de um tempo aquela pessoa decida empreender seu próprio caminho e lhe alcance, ou até suba além de você nessa escada. Mas é muito importante que você esteja consciente de que não pode forçar nada nessa vida. Ou seja, não deve pressionar nada nem ninguém.

Chega um momento, na sua escada rumo a se transformar numa pessoa melhor, em que você pode ficar sozinho por um tempo, e dói, claro que dói muito. Mas conforme vai avançando para novos níveis, logo você irá se encontrar com pessoas que possuem muito mais afinidades com você, com pessoas que, graças ao seu próprio processo, estão no mesmo nível que você e que, supondo que você continue a avançar, lhe acompanharão com alegria e com o desfrute mútuo das suas companhias.

Nestes níveis elevados de evolução já não existe dor nem apego, nem sofrimento e nem nostalgia. Só há compreensão, amor, respeito absoluto e uma terna e tranquila vontade de soltar, deixar que a outra pessoa viva o seu próprio processo, seja qual for o caminho que ela escolha.

Assim é nossa vida….
Uma infinita escada onde você se encontra com as pessoas que estão no mesmo nível que você, e se alguém muda, toda a estrutura se reacomoda (semelhante atrai semelhante…. SEMPRE).

Não é fácil soltar alguém que a gente ama. Não é fácil soltar algo que já não combina mais com quem estamos escolhendo ser agora.

“Custou muito soltar-me, e mesmo depois da ruptura eu seguia olhando para trás, fazendo comparações com tempos melhores…. esperando um milagre…. e até que o milagre aconteceu…. mas não do modo que eu esperava. Apareceu sob a forma de outros nomes, outros corpos, outras atividades, outras circunstâncias.

Perdi um amigo…. ganhei outros 20.

Perdi um emprego ruim, e agora tenho outro excelente – e com oportunidades de crescer nele e obter muito mais do que alguma vez sonhei.

Perdi um carro que não me agradava, e agora dirijo o carro dos meus sonhos.

Perdi uma pessoa que acreditei amar, só para me dar conta que o que tenho agora, neste momento da minha vida, nem sequer poderia imaginá-lo há poucos meses.”

Cada perda, cada coisa que sai – que se afasta de nós – somente acontece desta maneira PORQUE TEM QUE SER ASSIM, seja por escolhas pessoais dos envolvidos ou devido ao nível de Consciência no qual cada um de nós está imerso naquele momento (atraindo tal desfecho).

Nada sucede ao acaso!

Deixe-os ir!

E se prepare para TUDO DE BOM que está vindo à sua vida. Siga avançando confiante, porque essa escada é MAGICA….

E se não acredita em mim, por que não comprova por SI MESMO daqui há alguns anos, décadas ou vidas???

Que se faça a Luz em você!

Texto de Luz María


COMENTÁRIOS DE JORGE ZAHELL

Que baita texto, hein?

Ele lida principalmente com as perdas relativas a pessoas amadas que se afastaram de nós, que escolheram outros caminhos – e talvez este seja um dos desafios mais difíceis que enfrentamos em nossas vidas, ou seja, APRENDER A SOLTAR, a deixar ir…. quando necessário!

Mas também há inúmeros outros tipos de perdas, como a morte de entes queridos, a perda de bens materiais, as oportunidades perdidas que não voltam, etc.

Agora, será que você sabia que, em todos os casos de perdas, há uma compreensão maior esperando o momento certo para se revelar a você? Uma compreensão oriunda da Consciência Maior e que é capaz de lhe dar aquela paz que você tanto tem procurado no meio do caos. Bem, é justamente esta luz – esta perspectiva mais ampla – que eu quero lhe transmitir aqui e agora, em poucas palavras.

Então vamos lá!

Imagino que não seja tão difícil de perceber que PERDAS fazem parte da nossa Escada da Vida, certo? Agora, será que você é capaz de compreender que, em nossa jornada, nós evoluímos através daquilo que interpretamos como PERDA?
Sim, você entendeu bem: evoluir através das perdas! E mais…. Experiências que apenas rotulamos como perda – por falta de uma perspectiva mais ampla, falta de acesso a uma Consciência Cósmica!

Calma lá, eu explico!

Perceba que primeiro você perde a conexão com sua mãe, quando lhe cortam o cordão umbilical. Depois você cresce um pouquinho e logo perde a noção de que é o centro do universo — basta nascer um irmãozinho ou adentrar qualquer outro ambiente onde existam mais crianças.

Mais tarde, aos 7 anos, você perde boa parte daquela conexão com o “outro lado” (aquele “canal sobrenatural” se fecha, para que você tenha a imersão necessária no jogo da vida). E nos anos seguintes você acaba conquistando muitas coisas que, com o tempo, também inevitavelmente perderá: amigos, amores, dinheiro, bens, coisas….

Por fim, um dia você também acabará “perdendo” a própria vida como a conhece aqui (“perdendo” entre aspas, pois a morte é só uma passagem), quando então, já do outro lado, terá a oportunidade de acessar uma perspectiva mais ampliada e então dar-se conta de que vivia dentro de uma brincadeira da qual todos um dia despertarão (após muitas existências, tropeços, recomeços e epifanias).

Ei, saiba…. Perdas são ilusões!

Um dia, em algum momento de alguma existência sua, você se dará conta de que NUNCA PERDEU NADA, pois notará que tudo não passava de uma brincadeira onde todos estavam sempre protegidos, mesmo em seus momentos de maior escuridão.

E neste instante de iluminação, você finalmente terá acesso a tudo e todos que ACHAVA que tinha perdido.

Bem-vindo à CONSCIÊNCIA ELEVADA.

JORGE ZAHELL


Que tal…. Você gostou?

Ficou curioso? Você quer mais?

Então…. Vem comigo !

Leia outras publicações gratuitas do Blog, sempre tendo como temas o Amor e a perspectiva ampliada da Consciência Maior.

Assista também nosso Canal SEMENTTYAL gratuitamente no YouTube. São histórias de amor verdadeiras comentadas de uma perspectiva diferente!

E tem mais….

O livro “MANUAL DO HOMEM APAIXONADO – LIVRO 1” está disponível aqui neste mesmo blog (onigya.com) na seção BOOKS do Menu. Ele contém muitas histórias cheias de Consciência, Amor, Paixão e Romance, tudo comentado a partir de uma perspectiva mais elevada da vida (que vem diretamente de uma Consciência Cósmica — assim chamada no livro). Outros livros e sugestões também estarão disponíveis na sequência.

Boa sorte!

JORGE ZAHELL

Deixe seus comentários nos campos apropriados logo mais abaixo (em: Leave a Reply) e clique em POST COMMENT (postar comentário). Seu email não será publicado.

Escadaria do PALAIS GARNIER (Ópera de Paris), França

One Comment Add yours

  1. Marilia de Oliveira Vale says:

    Eccelente texto.Perfeito.Amei.Estou compartilhando.com amigos.Gratidao.

    Liked by 1 person

Leave a Reply to Marilia de Oliveira Vale Cancel reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s